O Minecraft arrebatou o mundo dos jogos em 2009, e o que parecia ser um pequeno título independente no lançamento tornou-se maior do que a maioria dos títulos AAA.

O jogo tem sido nada menos que um fenômeno da cultura pop, pois agrada a praticamente todos, desde jogadores jovens até públicos maduros.





Uma das maiores razões por trás do sucesso retumbante do Minecraft é porque não é apenas uma experiência solitária. O jogo incentiva a interação social de uma forma muito interessante.

O Minecraft permite que os jogadores criem Reinos, que são essencialmente mundos de jogo que podem ser criados à mão, e permite que outros jogadores os visitem. Por outro lado, o jogador também pode escolher entrar no reino de outra pessoa no Minecraft.



Isso é uma experiência extremamente envolvente e que tem estado no centro do sucesso do Minecraft.

Como ingressar no reino de outra pessoa no Minecraft: Windows, PS4 e Android

Minecraft Realms são essencialmente servidores multijogador que permitem a um jogador convidar até 10 jogadores de uma vez. Os reinos ficam online por 24 horas, então os jogadores podem entrar em um a qualquer momento que desejarem após receber um convite.



Os reinos estão disponíveis em todas as plataformas, incluindo Windows, PS4 e Android. Eles podem ser acessados ​​de qualquer um desses dispositivos, desde que os jogadores façam login com a mesma conta da Microsoft em todos os dispositivos.

Para ingressar em um Realm no Minecraft, basta seguir estas etapas:



  1. Vá para o Menu Realms no Menu Principal do Minecraft.
  2. Na lista de Reinos disponíveis para o jogador, selecione aquele no qual deseja ingressar.
  3. Uma vez selecionado, aquele reino particular ficará disponível para o jogador.

Cada reino em que um jogador se junta primeiro requer um convite, indicado pelo ícone de e-mail piscando.

O status atual de um Realm é indicado pelo ponto colorido próximo a ele: verde significa que o Realm está aberto e disponível para ingressar, amarelo indica que ele expira em breve e vermelho indica que o Realm expirou ou foi fechado pelo proprietário.